Polícia

Santa Fé - Polícia Civil identificou autora de crime contra idosa

12 Mai 2019
254

Uma atuacao conjunta entre a Polícia Civil de Santa Fé do Sul e a Polícia Civil de Rubineia esclareceu crime que causou grande repulsa à sociedade, tendo em vista que E.S.Z., mulher de 33 anos, apoderou-se do cartão bancário de uma idosa, acamada e com severa limitação auditiva, contraindo empréstimos consignados e antecipando décimo terceiro salário em nome da aposentada.

O crime chocou ainda mais por conta de a autora ser de confiança da idosa, já que prestava auxílio eventual nos cuidados da vítima. Os agentes policiais apuraram que E.S.Z. fez diversos saques e compras por vários estabelecimentos de Santa Fé do Sul e Rubineia.

Os policiais, além de obterem imagens da criminosa sacando dinheiro furtado da senhora acamada, ainda descobriram todos os lugares em que a criminosa foi, identificaram também que ela comprou diversas pertenças supérfluas, como aparelhos de telefonia celular.

Parte da quantia subtraída foi usada para comprar peças automotivas e fazer a retífica do motor de seu carro.

A vítima sofreu um prejuízo de R$ 13.217,25, deixando a vulnerável idosa, além de endividada, comprometida em cerca de 50% de sua aposentadoria, já que, mês a mês, o benefício da vítima vem com a parcela dos empréstimos já deduzida.

De acordo com o delegado de polícia Higor Vinicius Nogueira Jorge, o crime chegou ao conhecimento da Polícia após uma visita da Assistência Social à idosa, ocasião em que faltava até leite para a sua alimentação.

O motivo da falta de condições para alimentar-se corretamente decorreu da falta de dinheiro, já que agora a idosa recebia apenas cerca de R$ 500,00 mensais para manter-se.

Ao ser confrontada com o resultado da investigação, a investigada confessou os fatos para os policiais civis, mas posteriormente, mudou sua versão e procurou a imprensa para dizer que foi obrigada pelos policiais a assinar a confissao, contudo, não conseguiu justificar a subtração do dinheiro da vítima, nem demonstrar sua inocência.

Em razão de ordem judicial, procedeu-se o cumprimento de mandados busca e apreensao em endereços da investigada com o objetivo de apreender parte dos objetos relacionados com os fatos.


Homem encontra esposa morta em banheiro de casa
Casal de idosos em carro morre atingido por caminhão ao cruzar rodovia