Cidades

Morre aos 95 anos a empresária Minerva Jalles

10 Mai 2019
122

Fundadora do Riopreto Shopping, a empresária Minerva Izar Jalles morreu aos 95 anos, na tarde desta quinta-feira, dia 9, no Hospital de Base, em Rio Preto. Mãe de Euphly, Francisco, Ana Cristina e Luiz Fernando, avó de sete netos e quatro bisnetos, Minerva foi uma mulher guerreira, digna e lutadora. O prefeito de Rio Preto, Edinho Araújo, decretou luto oficial diante da importância de Minerva para a história da cidade e, principalmente, pela contribuição da empresária para o desenvolvimento sócio-econômico do interior paulista.

“Recebi com pesar a notícia do falecimento de Minerva Jalles, mulher guerreira, empresária bem-sucedida, pioneira no ramo de shoppings. Pela grande contribuição dada ao município de São José do Rio Preto, ela merece todas as nossas homenagens”, disse Edinho. A Prefeitura de Jales também decretou luto oficial. O local do velório, horário do enterro e detalhes sobre a causa da morte não foram divulgados pela família.

Com uma visão sempre de vanguarda, Minerva foi fundadora do Riopreto Shopping, presidente da Jalemi Riopreto Shopping Center, Jalemi-Jalles Empreendimentos Imobiliários, Construjal Construções e Comércio, Publicenter Comunicação, Jade Administração e Imóveis RioPreto, Agropecuária Fazenda Jalles e outros empreendimentos, conselheira da Associação Comercial de 1990 a 1992, conselheira da Associação Brasileira de Shoppings Centers de 1988 a 1992, loteadora do Jardim Morumbi e foi eleita entre as 100 mulheres rio-pretenses do século XX em 2001 com a sétima melhor votação.

Uma história de garra e superação

Minerva ficou viúva muito jovem do engenheiro Dr. Euphly Jalles, na década de 60, e, desde então, assumiu todos os negócios com os filhos ainda pequenos em uma época na qual poucas mulheres trabalhavam. Com determinação e garra sempre cumpriu as funções com maestria, tornando-se um ícone e referência de família e empresária.

Muito respeitada como matriarca da família, viveu com intensidade seus 95 anos dedicando-se para o trabalho e a família e administrou e aumentou de forma significativa o patrimônio deixado por Euphly Jalles. Religiosa e devota de Nossa Senhora, a empresária sempre apoiou com afinco causas sociais e de filantropia.

Em nota oficial à imprensa, o Riopreto Shopping informou que “os familiares têm a certeza da grande mulher, mãe, avó, bisavó e empresária, deixando registrada uma história de vida de sucesso e de grande importância para o desenvolvimento de São José do Rio Preto e da região Noroeste Paulista”, consta.

Consta ainda na nota encaminhada pelo Riopreto Shopping que “a família agradece a todas as mensagens de conforto recebidas até o momento. Elas só comprovam o quanto era querida por todos, com seu profissionalismo, inteligência e bondade. Ela sempre lembrada com alegria, gratidão e muita saudade”.

O presidente da Câmara de Rio Preto, Paulo Pauléra, lamentou a morte da empresária. “Perdemos uma grande mulher e empreendedora. Rio Preto deve muito, em especial na questão comercial, à família Jalles. A grande virada e o crescimento de Rio Preto foi a partir da inauguração do Riopreto Shopping. As pessoas da região vinham – e até hoje veem para cidade – porque era o único grande shopping na região”, ressaltou. O Riopreto Shopping foi um dos primeiros shoppings centers do interior paulista.

O presidente da Associação Comercial e Empresarial de Rio Preto, Paulo Sader, disse que “pessoas que marcam uma era não serão esquecidas. Elas servem como referência de ousadia, pioneirismo, de capacidade de desbravar e inovar. Ela era competente na liderança. Não deixa de trabalhar em conjunto, portanto valorizava a ação associativa, isso ela mostrou sendo inclusive conselheira da Associação Comercial durante anos de 1990 a 1992”, disse. O presidente da Acirp enfatizou ainda que Minerva foi um exemplo de pioneirismo em uma época difícil na economia do Brasil. “Ela trouxe para Rio Preto um modelo de negócio inovador que era um shopping center, o pioneirismo dela se mostrou inclusive aí. A certeza que o trabalho desenvolvido estava tão bem alicerçado, era tão profissional que hoje, 30 anos depois, o Riopreto Shopping é referência regional, enfrentando as adversidades e obstáculos do mercado com o vigor que a empresária impunha em todas as atitudes, a todos os empreendimentos desenvolvido por ela”, finalizou.

PRORROGAÇÃO – Edital Processo Seletivo – Mobilidade Estrangeira
Equipe Unifunec participa de Congresso de Educação Médica