Geral

Cartório Eleitoral faz plantão para biometria no sábado

09 Abr 2019
47

O Cartório Eleitoral de Santa Fé do Sul e todos os cartórios e postos de atendimento da Justiça Eleitoral no Estado de São Paulo irão funcionar em regime de plantão neste sábado (13). O atendimento será das 08h00 as 14h00 horas, e estará aberto exclusivamente para revisão biométrica dos eleitores.

Alem do próximo sábado o TRE/SP determinou o mesmo atendimento para os dias 11/05, 15/06, 13/07, 10/08, 21/09, 19/10 e 09/11.

A ação tem o objetivo de incrementar o número de cidadãos que já coletaram os dados biométricos.

Em todo o Estado, 478 cidades integram o Ciclo 2019/2020 da biometria obrigatória, planejado pelo TRE-SP. No total, são mais de 11,7 milhões de eleitores envolvidos, dos quais 4,9 milhões realizaram o cadastro, o equivalente a 42,15%.

Os cidadãos residentes desses municípios devem fazer a biometria no prazo definido, em datas que variam entre agosto e dezembro deste ano, sob pena de ter o título eleitoral cancelado.

Nas demais localidades, embora a biometria ainda não seja obrigatória, o TRE-SP recomenda que o eleitor se adiante e já compareça ao cartório ou posto, dado que em um momento posterior pode haver filas, com o aumento da procura. O procedimento, envolvendo a coleta das impressões digitais, fotografia e assinatura digitalizada, dura cerca de 15 minutos.

Maior colégio eleitoral do país, o Estado de São Paulo conta com 33.237.521 eleitores, dos quais 15.923.050, ou 47,91%, têm dados biométricos coletados. A previsão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é de que a identificação de todo cidadão brasileiro seja feita por biometria nas Eleições Gerais de 2022.

Documentos necessários

Para ser atendido, o eleitor deve levar: documento oficial de identificação (RG, carteira de trabalho, carteira profissional emitida por órgão criado por lei federal, certidão de nascimento ou de casamento); comprovante de residência (contas de água, luz, telefone, celular, bancárias etc., desde que contenham nome e endereço e sejam recente,s com menos de três meses de emissão); e título eleitoral, caso o tenha.

Biometria

A biometria é uma tecnologia que confere ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. Acoplado à urna eletrônica, o leitor biométrico confirmaa identidade de cada pessoa por meio das impressões digitais, armazenadas em um banco de dados da Justiça Eleitoral e transferidas para as urnas eletrônicas.

Implantação no Estado

O cadastramento biométrico iniciou-se em São Paulo no ano de 2010, no município de Nuporanga. Em 2015, foi estendido para todo o Estado, sem obrigatoriedade de comparecimento. No pleito de 2018, 100 cidades paulistas tiveram a identificação totalmente biométrica dos eleitores no momento do voto


Ademir participa da 2º Reunião da Aprecesp em Guarujá
Festival Books e Foods acontece até no próximo domingo