Política

Bancada de deputados da região na Assembleia despenca de 8 para 2

08 Out 2018
131

Dos oito deputados estaduais que representavam a região na Assembleia, apenas dois se reelegeram, nenhum deles de Rio Preto. Continuam no Legislativo Paulista a partir de 2019, o deputado Itamar Borges (MDB), de Santa Fé do Sul e Carlão Pignatari (PSDB), de Votuporanga.

"Estou muito feliz com o resultado. Eleição realmente para mim estou muito feliz com o resultado. Por outro lado, um tanto quanto chateado com relação a alguns colegas da Assembleia que não irão continuar. Sei o quanto trabalharam", afirmou Itamar.

"Tenho consciência tranquila que fiz um trabalho muito amplo e vou continuar a ajudar a região e Rio Preto", afirmou.

Carlão Pignatari vai para o terceiro mandato e afirmou que vai representar toda a região. "Estou muito feliz com o resultado e a confiança que depositaram em mim", afirmou ele ao Diário na noite deste domingo, 7. Sobre a redução da bancada da região na Assembleia e da própria votação em relação à eleição passada, quando teve 97.444 votos, o tucano atribuiu ao "efeito Bolsonaro".

"O povo queria renovação", explicou. Ele destacou ainda que em Votuporanga, cidade da qual foi prefeito e que é seu principal reduto eleitoral, os votos brancos e nulos e as abstenções chegaram em 40%.

Os três deputados de Rio Preto, Vaz de Lima (PSDB), Orlando Bolçone (PSB) e João Paulo Rillo (PSOL) não conseguiram se reeleger. Vaz de Lima recebeu 51.520 votos, enquanto Bolçone teve 44.537 votos e Rillo, 30.012 votos.

Além deles, perderam a eleição os deputados Marco Vinholi (PSDB) 53.774, que teve e Beth Sahão (PT), 54.647 votos, , ambos de Catanduva, e Carlos Gimenes (PSDB), de Fernandópolis.




Acidente envolvendo três veículos mata quatro pessoas em estrada vicinal
Homem morre atingido por golpe de facão no rosto desferido por idoso